Notícias

Usina Caeté: Procurador do MPT ministra palestra em evento de Segurança do Trabalho

Nesta segunda-feira (25) teve início a 27ª Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho da Usina Caeté, em São Miguel dos Campos.

O evento reuniu mais de 70 colaboradores, entre coordenadores, supervisores, diretores da empresa, o conselheiro Aryl Lyra, e contou com a participação do procurador do Trabalho, Doutor Rodrigo Raphael Rodrigues de Alencar, que ministrou a palestra de abertura com tema: Organização e Segurança do Trabalho.

A gerente de Gestão de Pessoas da Caeté, Marta Luciana Sampaio, deu as boas-vindas aos presentes e convidou os alunos do 6º ano, que compõem o Coral Vozes da Escola Conceição Lyra, para conduzirem o Pavilhão Nacional até o palco para a execução do Hino Nacional. Logo em seguida, a gerente enfatizou que a “Usina Caeté reafirma sua preocupação com a Saúde e a Segurança de todos os seus colaboradores, desejando que aproveitem ao máximo os temas abordados e que sejam agentes multiplicadores dessas informações, para que possamos atingir um número cada vez maior de colaboradores.”

Na ocasião, o diretor Administrativo da Caeté, Paulo Couto, salientou a satisfação com a realização do evento e agradeceu a presença do Doutor Rodrigo, ressaltando a importância dessa interatividade. “Já travamos algumas discussões no âmbito administrativo e judicial e essa aproximação e interação vai permitir que a gente busque sempre o melhor, e promova o desenvolvimento do ambiente de trabalho com segurança. Vocês aqui são os líderes e devem multiplicar essa cultura de segurança. Assim, poderemos trazer ideias e novos projetos, mas, se não tivermos a participação efetiva de todos não conseguiremos jamais o resultado esperado! Estamos no processo de manutenção para retomada das atividades de safra em setembro e o engajamento proativo dos colaboradores é fundamental! Espero que essas palestras ao longo da semana tragam o amadurecimento dessa cultura dentro de vocês, para que possamos disseminar para todos um ambiente seguro, garantindo ao trabalhador sair de casa para buscar o seu sustento e retorno com segurança para a sua família.”

O diretor Agroindustrial, Luiz Magno Brito, assinalou que a questão cultural é presente na sociedade e se faz necessário um repensar sobre inúmeros conceitos. “Vejo na cidade pessoas que não respeitam as leis de trânsito e sem utilizar os EPIs. Temos um grande problema cultural para vencer e mudar a consciência de todos nós diariamente.”

Jameson de Oliveira Ramos, engenheiro de Segurança do Trabalho da Usina Caeté, afirmou que mensalmente é realizada uma reunião onde, além dos incidentes, também são discutidos os desvios, que podem levar a um incidente! Criamos um formulário padrão interno e estamos desenvolvendo um aplicativo para que todo colaborador tenha o APP no celular. Servirá para registro de qualquer coisa que ele veja “fora da curva” dentro da empresa, independente de ter desvio ou não, deverá ser reportado para uma base de dados na área de Saúde e Segurança da Caeté. Com essas ações, não deixamos elevar o nível para um acidente. E assim, conseguimos tratar os desvios internos com uma economia de mais de 90%. Ou seja, só pelo fato de verificar, corrigir, e não deixamos agravar, garantimos uma redução no número de acidentes. Porém, só conseguimos isso com o envolvimento de todos”.

Palestra – Doutor Rodrigo Raphael Rodrigues de Alencar é Procurador do Trabalho desde 12 de março de 2003 e membro titular da Coordenadoria Nacional de Defesa do Meio Ambiente de Trabalho (CODEMAT). “A causa determinante do acidente de trabalho, contraditoriamente ao que usualmente é dito, de que é um ‘erro humano’, tem a principal causa na organização do trabalho e na organização da empresa. É preciso procurar as causas profundas dos acidentes de trabalho para possamos prevení-los. Enquanto existir o raciocínio simplista de que o acidente de trabalho decorreu única e exclusivamente de um erro humano, não iremos conseguir prevenir os acidentes de trabalho.”

“Todos os eventos sobre Saúde e Segurança no Trabalho são extremamente importantes porque é o momento em que a organização faz uma reflexão sobre o tema, podendo apurar e pensar melhor sobre as formas de abordar o tema e de traçar novas políticas e novos hábitos de prevenção dos acidentes de trabalho”, destacou o Procurador do Trabalho.

Para o Doutor Rodrigo Raphael Rodrigues de Alencar, a Segurança do Trabalho não é apenas responsabilidade do SESMT da empresa, é uma responsabilidade de todos, “Desde o trabalhador com a função mais elementar ao presidente da empresa! É um compromisso, uma obrigação e dever de todos os integrantes da empresa, e assim tem que ser abordado!”, finalizou.

A 27ª SIPAT da Usina Caeté está sendo realizada no auditório da Escola Conceição Lyra, e irá até o próximo dia 29 (sexta-feira).

Ascom Usina Caeté

Galeria de Fotos

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *