Notícias

Feira de Livros: Escola Conceição Lyra promove evento cultural remoto

A XXI Feira de Livros da Escola Conceição Lyra realizada sexta-feira, dia 11, foi um despertar de novas possibilidades e ideias, sem perder o brilho dos eventos anteriores e nem a criatividade peculiar. As obras estudadas pareciam ter uma conexão! Os pequenos alunos do Maternal e do Jardim II “B”, na tradução mais literal da inocência, nos levaram a sonhar com a singeleza das interpretações das obras: Quer conhecer minha casa? e Faniquito e Siricutico no mosquito, do escritor Jonas Ribeiro e, a Turma do Jardim II “A”, com o Susto no galinheiro, de Damiana Melo, que participou do evento e relatou seu encantamento com as apresentações: “Estou transbordando de alegria com o desempenho dessas crianças. É isso que muda o Brasil!. A literatura ficará marcada na vida de todos!”.

A apresentação dos alunos do 3° ano “A”, baseada no livro Criança, Alimento para a Esperança, de autoria de Sebastiana Fernandes de Amorim, manteve uma abordagem sobre valores como solidariedade, fraternidade e companheirismo. A autora, que prestigiou o evento, fez questão de agradecer à Escola Conceição Lyra pelo trabalho desenvolvido.

Escritora Damiana Melo

“Foi muito gratificante trabalhar com a turminha do Maternal e ver a alegria de todos!”.
Professoras Carmen Rocha e Silva e Jossely dos Santos

“A Feira de Livros vai muito além dessas apresentações!’’
Professora Crislane dos Santos

Outras obras estudadas foram: Mãos tagarelas bocas sorridentes (3° ano “B”) e O Esconderijo de vontades (5° ano “A”), ambas de Jonas Ribeiro.

“Trabalhar essa obra com as crianças foi emocionante e gratificante!”.
Professora Vanessa dos Santos (3° ano “B”)

“Obrigada a todos que fazem a família Escola Conceição Lyra!’’.
Professora Rejane Soares (5º ano ‘‘A’’)

Uma interessante releitura do poema intitulado No meio do caminho, de Carlos Drummond de Andrade, pelos alunos do 5° ano “B”, sob a orientação da professora Claudia Monteiro, mostrou uma profunda reflexão sobre o tema.

“No poema de Drummond, a diferença não é a Pedra que está no caminho, mas quem a encontra! Essa Pedra pode ser um desafio, no entanto podemos transformá-la em algo bom!”.
Professora Cláudia Monteiro (5º ano ‘‘B’’)

Os alunos do 6° ano esbanjaram criatividade utilizando um cenário diferenciado com bonecos de pano, confeccionados por artesãos como Davi Simões, ex-aluno da escola, e que deram vida aos personagens da obra Cozinheiras de Livros, da autora portuguesa Margarida Botelho. Ela, recentemente, participou de uma reunião virtual com os alunos e professores da Escola Conceição Lyra, sobre o estudo da obra. A montagem teatral traduziu uma fábrica de livros imaginária, cujo roteiro incluiu um forte apelo ao estímulo pela leitura.

“Um mundo sem livros seria sem magia, sem sabor e sem imaginação”.
Professora Edna dos Santos (6º ano)

Na sequência das últimas apresentações da manhã estavam: a Lenda do teatro de sombras, de Marco Haurélio e Fernando Vilela, apresentada pelos alunos do 7° ano e que, segundo a professora Jeane Rodrigues, representou um mergulho na arte chinesa e na literatura; Cadê Deus? Baseado na obra A Busca de Esmeraldo, estudada pelo 8° ano, de autoria de Ilan Brenman e Fernando Vilela e, Flicts, numa abordagem interessantíssima dos alunos do 9° ano sobre a obra de Ziraldo.

“Viva a arte! Muito orgulhosa da turma que deu vida aos personagens!”.
Professora Jeane Rodrigues (7º ano)

“Ziraldo marcou a turma do 9° ano! Flicts foi a primeira obra infantil de sua carreira e nossos alunos a abraçaram!”.
Professora Edna dos Santos (9º ano)

No período da tarde, as crianças do Jardim I estudaram a obra intitulada Qual a cor do amor? de Linda Strachan. De acordo com as professoras Jossely dos Santos e Robcélia Nascimento, a atividade despertou sobre as diversas formas de amar de uma maneira extremamente gratificante pelos resultados obtidos.

Na sequência, três obras de autoria de Jonas Ribeiro foram apresentadas: Faniquito e Siricutico no mosquito (1° ano “A”), João procura uma profissão (1° ano “B”) e Mãos tagarelas bocas sorridentes (2° ano “A”).

Foram apresentadas ainda os estudos de Criança: essência do mundo, esperança de paz, de Sebastiana Fernandes de Amorim (2° ano “B”); O que não tem preço (4° ano “A”) e A bicicleta voadora (4° ano “B”), ambas de Jonas Ribeiro.

Visivelmente surpreso com o estudo dinâmico de suas obras, o autor paulistano Jonas Ribeiro fez menção ao público sobre a importância da leitura e de eventos como este, realizado pela Escola Conceição Lyra, e parabenizou a todos pela criatividade nas apresentações. “Esse é um trabalho que nos acalenta!”.

“A Escola Conceição Lyra é um celeiro de vocações artísticas”.
Professor Salomão D´Luna

O projeto literário teve início com a escolha das obras a serem estudadas. Karla Cirilo, bibliotecária, apresentou sugestões de livros que compõem o acervo da biblioteca para que os professores pudessem definir os temas. Ficando sob a responsabilidade das professoras Jossely dos Santos, Carmen Rocha e Silva, Robcélia Nascimento, Ed’Rose Cavalcante, Crislane dos Santos, Vanessa dos Santos, Rejane Soares, Claudia Monteiro, Edna dos Santos e Jeane Rodrigues definirem os devidos encaminhamentos e finalmente a culminância do projeto, com as apresentações dos espetáculos. A direção artística e teatral ficou a cargo do professor Salomão D’Luna, e o professor Gledson Alvacir deu todo o suporte na área de informática.

Num ano de grandes desafios e muitos aprendizados, a diretora da Escola, Betânia Leite, não conteve as lágrimas ao agradecer o empenho e a dedicação de todos os professores, colaboradores e alunos, destacando também o importante apoio de Dr. Aryl Lyra, Dona Elizabeth Lyra de Farias e Dona Virgínia. “A palavra que resume é Gratidão! Aos nossos alunos que deram um verdadeiro show! Somos privilegiados por desfrutar de um local cuja beleza cênica é única! E neste novo formato, aproveitamos bastante toda essa beleza! Amo trabalhar com todos vocês!, finalizou Betânia Leite.

Ascom Usina Caeté

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *