Notícias

Janeiro Branco: Aprendizes apresentam resultado de estudo sobre Saúde Mental na Unidade Marituba

Foto: Senar/AL

Alunos do Programa de Aprendizagem da Usina Caeté – Unidade Marituba, desenvolvido em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/AL), apresentaram aos coordenadores a conclusão de um trabalho cuja abordagem destaca a importância da saúde mental no ambiente corporativo. A atividade, realizada na última sexta-feira, 29, foi inspirada na campanha Janeiro Branco.

Vinculada à disciplina de Comunicação Oral e Escrita, a atividade dos alunos do curso de Eletricista Rural teve por foco estudar a relevância da saúde mental e o cuidado com as emoções no ambiente de trabalho. Além disso, o estudo visa promover, por meio da informação, a conscientização entre os colaboradores sobre a importância da prevenção ao adoecimento emocional.

“Esses projetos são importantes porque permitem que os alunos possam fazer links entre o conteúdo estudado e os ‘gargalos’ existentes no ambiente corporativo. Isso desperta a percepção para que possam criar sugestões de melhorias e contribui para que, ao final do curso, estejam mais amadurecidos para o mercado de trabalho”, comentou a instrutora do Senar Vânia Paes, titular da disciplina.

O estudo foi iniciado com uma pesquisa para avaliar a relação entre saúde mental e o trabalhador no ambiente laboral. Com base em dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), da International Stress Management Association (Isma BR), da Previdência Social e do Ministério da Saúde, os alunos fundamentaram a apresentação e elaboraram um panfleto intitulado “Quem cuida da mente, cuida da vida”, que foi distribuído aos colaboradores da Unidade Marituba.

De acordo com o estudo, os dados apontam a depressão como a principal causa dos afastamentos do trabalho; 47% dos brasileiros apresentam algum tipo de depressão; um aumento em 20 vezes nas concessões de auxílio-doença a pessoas que sofrem de transtornos mentais, nos últimos dez anos; e as doenças psicológicas como o terceiro maior motivo para a licença médica de trabalhadores no país.

“A saúde mental é algo que a gente geralmente não dá muita importância, mas quando aprende sobre o assunto, entende a seriedade e que pode afetar tanto a pessoa, quanto o profissional”, diz o Jovem Aprendiz José Higor dos Santos.

A analista de Gestão de Pessoas da Unidade Marituba, Jamile Maria Lima Santos, parabenizou aos alunos pelo projeto apresentado, a professora Vânia Paes, pela iniciatiava e, ao psicólogo James Araújo Silva, que também ministrou, na ocasião, uma palestra sobre inteligência emocional.

Ascom Usina Caeté com Assessoria do Senar/AL

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *