Notícias

Marituba celebra início da moagem 2009/2010

Cerca de 700 pessoas participaram segunda-feira (14), da missa em Ação de Graças pelo início da moagem da Usina Caeté S/A – Unidade Marituba, localizada no município de Igreja Nova (AL). “É com grande satisfação que celebramos este ato de fé cristã pela 28ª moagem da Marituba”, ressaltou em seu discurso de abertura o gerente-geral da unidade, engenheiro agrônomo Fabrizzio Tenório.

Segundo ele, para a safra 2009/2010 a previsão é moer cerca de 1.100.000 toneladas de cana, com uma produção de 1.800.000 de sacos de açúcar de 50Kg, 30 milhões de litros de etanol e 55 mil MWh de energia elétrica.

“Gostaríamos de salientar, em nome da Diretoria do Grupo Carlos Lyra, nossos sinceros agradecimentos aos colaboradores, fornecedores e parceiros em geral pela imensa contribuição ao longo dos anos. O apoio e compreensão de todos foram fundamentais para levarmos adiante nossos projetos socioeconômicos e ambientais na região do Baixo São Francisco”, destacou o gerente-geral.

Tradicionalmente realizada nas usinas pertencentes ao Grupo Carlos Lyra, a missa de início de moagem contou com a presença do presidente do conglomerado, industrial Carlos Lyra; da vice-presidente, Virgínia Lyra; do diretor-superintendente, Fernando Lopes de Farias; do diretor Aryl Pontes Lyra; do empresário Carlos Lyra de Farias; do assessor da Diretoria, Luiz Magno Brito e do gerente-geral da Usina Caeté S/A – Unidade Cachoeira, Ricardo Paiva.

A empresária Elizabeth Anne Lyra Lopes de Farias referendou as palavras citadas na homilia do padre Cristiano Firmino ao mencionar que os colaboradores, fornecedores de cana e de serviços integram a grande família Marituba. “Vocês contribuem para o crescimento da região”, ressaltou.

O auxiliar de serviços gerais do setor de controle da qualidade da usina, Severino José dos Santos, agradeceu emocionado ao presidente do Grupo Carlos Lyra por proporcionar à região tão significativo empreendimento.

A celebração eucarística contou com a participação de colaboradores da Marituba e seus familiares, além de gerentes, coordenadores da Caeté, Matriz e da Unidade Cachoeira, fornecedores de cana e de serviços, bem como da comunidade local.

Por causa das chuvas que caíram na região, o início da moagem, previsto para esta terça-feira, dia 15, foi transferido para o dia 16, informou o gerente-geral.

Galeria de imagens:

Galeria de Fotos

Carmem Valéria Neves dos Anjos
Assessoria de Comunicação

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *