Notícias

Safra recorde em Alagoas

O Grupo Carlos Lyra concluiu a safra 2007/2008 com um balanço positivo, assegurando a liderança do ranking alagoano. Para o diretor Aryl Pontes Lyra, os números demonstram claramente que é possível o aumento da produtividade, mesmo quando há limitações de áreas cultiváveis. “Um exemplo disso é a Usina Caeté S/A – Unidade Marituba, localizada no município de Igreja Nova (AL), onde conseguimos um percentual de 45% de produtividade em relação à safra passada. Um verdadeiro recorde, que pode ser atribuído principalmente aos investimentos em irrigação e aos fatores climáticos”, afirmou. A unidade alcançou ainda um número histórico, uma média de 80 toneladas de cana por hectare. “Trata-se de uma região adversa, onde as limitações são constantes”, acrescentou Aryl Lyra, enfatizando que nesta unidade foram esmagadas 1,225 milhão de toneladas de cana, permitindo uma produção de 2,153 milhões de sacas de açúcar e 37.626 m3 de álcool.

Na safra 2007/2008, a Unidade Marituba ampliou sua capacidade de co-geração em 5.800 KW de energia através da biomassa, com a aquisição de um novo gerador, resultado de investimentos na ordem de R$ 13,362 milhões. Com o incremento da produção, uma parte da energia é destinada à complementação do projeto de irrigação e o excedente vendido. Atualmente, a Usina Caeté S/A, Matriz, localizada em São Miguel dos Campos, é a unidade industrial que mais vende energia em Alagoas.

Segundo o diretor, mais de R$ 25 milhões foram investidos em modernos sistemas de irrigação nos últimos cinco anos, garantindo boa parte do aumento na produção das três unidades alagoanas. “Os investimentos asseguram o aumento na produtividade, porém, as despesas operacionais com a irrigação são altíssimas. As três usinas gastam o equivalente a R$ 20 milhões por ano com a operacionalização do sistema”, afirmou Aryl Lyra.

A Unidade Cachoeira, maior empregadora do município de Maceió, também bateu um recorde na safra 2007/2008. A produtividade da usina superou em 31% o ciclo anterior, esmagando o equivalente a 1,457 milhão de toneladas de cana, resultando numa produção de 2,687 milhões de sacas de açúcar e 35.426 m3 de álcool. “Não podemos deixar de mencionar o aumento de área para essa safra”, ressaltou Aryl Lyra.

A Usina Caeté S/A, Matriz obteve um aumento de 14% em sua produtividade, esmagando 1,716 milhão de toneladas de cana, com uma produção de 3,489 milhões de sacas de açúcar e 36.236 m3 de álcool. Ao todo, as três unidades de Alagoas esmagaram 4,4 milhões de toneladas de cana-de-açúcar. “A média de crescimento das unidades de Alagoas representa 32% em relação à safra passada”, salientou o diretor, ressaltando que o Estado superou em 19,63% os resultados alcançados na safra 2006/007. “Esse resultado traduz não só os investimentos em avançadas tecnologias como também uma maior integração entre os colaboradores das unidades, fundamental para atingirmos números tão significativos”, finalizou Aryl Lyra.

Carmem Valéria Neves dos Anjos
Assessoria de Comunicação

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *